• CONTENT
O Deputado

Perfil

Nascido em 20 de janeiro de 1975, Artagão de Mattos Leão Júnior é casado com Daniella Gonini de Mattos Leão, com quem tem quatro filhos: Melissa, Yasmin, Maitê e Artagão Neto.

Instruído sob claras orientações e princípios cristãos, Artagão Júnior representa uma das mais tradicionais famílias do Paraná.

É filho da psicóloga Cleri Becher de Mattos Leão e do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), Artagão de Mattos Leão, ex-deputado estadual cuja vida pública é marcada pelas realizações e conquistas em favor dos paranaenses.

Artagão Júnior é formado em direito pela Faculdade Curitiba.

Histórico Político

  • 2002

    Em 2002, Artagão Júnior se elegeu deputado estadual pela primeira vez, obtendo uma expressiva votação (45.791 votos), representando a região centro-oeste e o Vale do Ivaí. Como parlamentar em sua primeira gestão, Artagão Júnior participou de cinco comissões: Comissão de Orçamento, Comissão de Turismo, Comissão de Fiscalização, Comissão do Mercosul e Comissão de Agricultura, Indústria e Comércio, onde exerceu a vice-presidência. Teve destacada atuação como relator da CPI do Paranacidade, comissão que apurou as irregularidades deste serviço.

  • 2006

    Em 2006, pleiteou sua reeleição, e, como resposta ao seu trabalho digno e honesto, conquistou brilhantemente sua vaga no legislativo paranaense com 74.783 mil votos.

  • 2007

    Em 2007, iniciando sua segunda gestão, Artagão Júnior é eleito Presidente da Comissão de Fiscalização da Assembleia Legislativa e Assuntos Municipais, além de membro da Comissão de Constituição e Justiça, da Comissão de Agricultura, Mercosul e outros assuntos Internacionais.

  • 2008

    Em 2008, o parlamentar é eleito 1º Secretário da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais), órgão de integração das Assembleias Legislativas de todo o Brasil. O trabalho exemplar o credenciou a assumir, em 2009, a vice- presidência do órgão.

  • 2010

    Em 2010, disputou a terceira eleição de sua carreira política como deputado estadual. Foi o sexto mais votado, com 74.063 votos. Artagão Júnior fez parte da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Paraná, ocupando o cargo de 1º Vice-Presidente. 

  • 2013

    Em 2013, o deputado se tornou presidente da Unale, protagonizando debates de suma importância para o país, como a Reforma Política, Unificação das Eleições, Renegociação da Dívida dos Estados com a União, Pacto Federativo, contribuição para a instalação de CPIs da Telefonia nas Assembleias Legislativas do País, debates sobre os direitos das mulheres, entre outros. Hoje, o deputado é o Tesoureiro-Geral da entidade. 

    Artagão Júnior ainda exerce a função de 1º Secretário da UPM (União de Parlamentares Sul-Americanos e do Mercosul). A entidade luta por um mercado comum no Mercosul, como ocorre na União Europeia, além da união, tanto no aspecto político como social, entre os países sul-americanos.

  • 2014

    Ainda exercendo o cargo de Vice-Presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, em 2014, o deputado Artagão Júnior continuou com seu forte trabalho parlamentar e de representação dos municípios, a maioria de pequeno porte e de baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). 

  • 2015

    Em 2015, o deputado iniciou seu quarto mandato parlamentar na Assembleia Legislativa. Sua votação no último pleito foi a quarta maior do Estado: 78.594 votos.

    Participou de cinco comissões temáticas: Finanças, Ecologia e Meio Ambiente, Defesa dos Direitos da Mulher, Defesa dos Direitos da Juventude e Indústria e Comércio.

     

  • 2016

    Em março de 2016, o deputado Artagão Júnior aceitou o convite do governador Beto Richa e se tornou o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Estado do Paraná, licenciando-se dos trabalhos na Assembleia Legislativa.